Saiba a diferença entre persona e público-alvo

Saiba a diferença entre persona e público-alvo

Quem atua na área do marketing sabe que muitos elementos influenciam no sucesso de um trabalho e de uma campanha realizada pela empresa. Entender, por exemplo, o que é persona e público-alvo é essencial nesse processo. 

 

Apesar de parecem ser sinônimos, eles possuem diferenças essenciais entre si, e saber quais são elas é a melhor maneira de aplicá-los de forma correta e obter resultados melhores nas ações de publicidade de uma marca. 

 

Nesse sentido, compreender o que é a persona e o que é o público-alvo é importante para usá-los no momento adequado, o que pode impactar na assertividade de uma campanha de marketing dentro de qualquer área. 

 

Para que uma oficina de funilaria que deseja promover o seu negócio atinja bons retornos com as suas ações, ela precisa entender como pode realizá-las de forma eficaz, despertando a atenção das pessoas que possuem interesse nos seus serviços. 

 

Existem duas maneiras de conseguir fazer isso: construindo a persona e conhecendo o público-alvo da empresa, para que qualquer ação praticada com a finalidade de atrair essas pessoas traga os frutos desejados. 

 

Sendo assim, entender a definição de ambos é importante para que se possa utilizá-los conforme a necessidade. 

 

Afinal, mesmo sendo conceitos comuns dentro do marketing, eles não possuem a mesma definição, e compreendê-los é fundamental para aplicá-los no momento certo. 

 

Se você ainda não conhece a diferença entre persona e público-alvo, mas sabe que essa informação pode mudar os rumos de uma campanha de marketing, este conteúdo pode ajudar você a se aprofundar no assunto, então, siga na leitura dele.

O que é público-alvo?

Uma autoescola que deseja investir em campanhas para promover os seus serviços de carteira de moto e carro deve, em primeiro lugar, saber quem é o seu público-alvo. 

 

Na prática, ela precisa entender algumas definições sobre o perfil de pessoas que se interessam pelo o que ela está oferecendo. Nesse caso, todos os elementos usados na publicidade vão estar voltados para atrair a atenção desse público. 

 

Entre as informações demográficas, econômicas e sociais que ajudam a montar o público-alvo de uma empresa, é possível mencionar:

 

  • Gênero;

  • Formação;

  • Faixa etária;

  • Profissão;

  • Estado civil;

  • Hábitos de compra;

  • Localização.

 

O público-alvo traz informações que servem de base para entender como iniciar o processo de montagem de uma campanha de publicidade de calendário personalizado com fotos, por exemplo.

 

Em geral, ele é aplicado nas primeiras fases de um planejamento, justamente porque traz informações mais gerais. 

 

Assim, ele é fundamental para estruturar uma campanha, podendo ser usado em paralelo à persona. 

O que é persona?

É inegável que as ferramentas de marketing encontradas atualmente se tornaram essenciais para a construção de uma campanha mais assertiva. Afinal, elas trazem detalhes bastante específicos sobre o público de uma marca. 

 

Em termos de efetividade das ações de marketing, não é preciso dizer que esses elementos podem fazer toda a diferença no sucesso da publicidade, tornando-a mais atrativa e eficaz para a empresa.

 

Assim surge a persona de uma marca, ou seja, o trabalho de criar um perfil fictício de um cliente ideal, de modo que se possa entender melhor sobre esses consumidores, delineando estratégias potentes para um estabelecimento que presta serviço de motoboy.

 

Nesse caso, dada a quantidade de detalhes, a equipe de marketing consegue se conectar com o perfil de um cliente, entendendo o que pode ser aplicado na campanha para que ela traga o retorno desejado. 

 

Entre as principais características da persona, é possível mencionar:

 

  • Nome;

  • Descrição da rotina;

  • Idade;

  • Hábitos de consumo;

  • Estilo de vida;

  • Costumes;

  • Ambições;

  • Hobbies.

 

Nesse sentido, a elaboração de uma campanha se torna muito mais eficaz porque funciona como uma conversa com um cliente, onde a equipe de marketing consegue se espelhar em uma pessoa para entender o que vai chamar a atenção dela dentro da publicidade. 

 

Apesar de serem elementos diferentes, a persona e o público-alvo de uma marca podem ser complementares entre si, e devem ser utilizados para que se possa atingir o objetivo da empresa com maior tranquilidade. 

 

Justamente, por isso, ambos possuem importância para que um estabelecimento especializado em fornecer marmitas para empresa, por exemplo, possa divulgar o seu trabalho de forma promissora. 

Como desenvolver o público-alvo e a persona da empresa

Apesar de parecer uma tarefa difícil, desenvolver a persona e o público-alvo de uma empresa é muito mais simples atualmente. Em grande medida, isso se deve aos sistemas de automação de marketing que facilitam a coleta de dados importantes sobre os clientes. 

 

No entanto, há ainda outras formas de desenvolver o público-alvo e a persona da empresa. Uma delas é por meio do cadastro dos clientes, no qual é possível perceber mais sobre o perfil de pessoas que frequentam a sua empresa. 

 

Também pode ser interessante avaliar não apenas o público geral do negócio. Isso porque as pessoas podem consumir apenas um produto da sua marca, de maneira que entender essa característica ajuda na construção de campanhas mais direcionadas. 

 

Pode ser que um escritório de advocacia queira oferecer café da manhã na empresa todos os dias para os seus funcionários. Mas, ao pensar no horário do almoço, esse serviço não faz sentido, pois os advogados costumam atender clientes fora do estabelecimento. 

 

Por isso, ter acesso a dados mais específicos sobre o perfil das pessoas que consomem determinados produtos pode ser um meio de potencializar as soluções oferecidas pela sua marca. 

 

Em relação à persona, a melhor forma de desenvolvê-la é traçando um personagem com base nos dados coletados diariamente na empresa e nas campanhas realizadas em diferentes ambientes. 

 

Assim, é possível definir um nome, uma idade, uma profissão e outras características que tenham a ver com o perfil de pessoas que consome os produtos ou serviços do seu negócio. 

Diferenças entre público-alvo e persona

Assim como existem diferenças práticas entre modelos de convites prontos e convites personalizados, é possível conhecer o que difere público-alvo de persona. 

 

O público-alvo trata de um grupo de pessoas, que traz definições mais amplas, e que não se trata de uma pessoa específica, mas sim de quem pode desejar consumir da sua empresa. 

 

Enquanto isso, a persona traz definições específicas, inclusive de hábitos, resumindo o processo na criação de um perfil de consumidor ideal. 

 

Por isso, enquanto o público-alvo é mais abrangente, a persona é mais centrada, e por isso ambos se complementam de maneira importante dentro das campanhas de marketing. 

Benefícios de conhecer a persona e o público-alvo 

Como não poderia deixar de ser, conhecer bem o público-alvo e a persona da empresa pode ser uma forma importante de conquistar maior sucesso nas campanhas que buscam atrair quem quer tirar CNH definitiva ou se matricular em um curso de design. 

 

Nesse sentido, é possível mencionar os benefícios de delinear bem o público-alvo da marca, sendo uma característica importante para os primeiros passos de qualquer campanha. 

 

Ao mesmo tempo, ele auxilia no processo criativo de novos produtos ou serviços, pois permite um estudo mais abrangente do mercado, fornecendo dados que trazem um panorama do perfil de cliente que se deseja conquistar. 

 

Outro ponto relevante é aplicar o público-alvo no momento de precificar os produtos da empresa, assim como entender em quais canais de divulgação uma campanha terá maior proveito e trará mais resultados. 

 

Conhecer a persona também traz algumas vantagens importantes para o marketing de uma empresa, pois é ao tratar de maneira individualizada o contato com o cliente que é possível saber quais elementos vão despertar mais o seu desejo de consumo. 

 

Assim, itens como a linguagem, as cores, as fotos, os períodos de contato ideais, os melhores canais de comunicação e os conteúdos abordados podem ser muito mais eficazes dentro de uma ação de marketing. 

 

Justamente pela sua capacidade de trazer dados relevantes sobre quem compra da marca, ela possui a facilidade de ser aplicada nas mais diversas fases de uma campanha, trazendo assertividade em qualquer fase em que se esteja. 

 

Nesse sentido, é possível colher benefícios tanto ao se usar o público-alvo quanto a persona, sendo importante saber como e quando usá-los de acordo com o momento oportuno. 

Considerações finais

Saber elaborar uma campanha de marketing sempre foi o desejo das mais diversas empresas, justamente porque é por meio dessa ação que se pode conquistar um bom número de vendas ou o fortalecimento de uma marca. 

 

Com o passar do tempo, novas ferramentas e estratégias vão sendo desenvolvidas para otimizar esse trabalho, o que traz vantagens práticas para qualquer tipo de negócio. 

 

O público-alvo e a persona se enquadram nisso, e podem ter uma relevância alta para a equipe de marketing de uma empresa. 

 

Por isso, não deixe de entender mais sobre esses elementos do seu negócio e tenha a certeza de conquistar resultados cada vez melhores para o seu estabelecimento. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.