O que é e como funciona a hospedagem dedicada?

O que é e como funciona a hospedagem dedicada?

A hospedagem dedicada tem sido a escolha de muitas empresas e são muitos os fatores que levam a isso. A particularidade é o principal deles, uma vez que os servidores são exclusivos para atender a qualquer necessidade.

Outro fator que pesa bastante é o fato de o mercado estar cada vez mais competitivo, o que leva aos negócios a verem na tecnologia uma ferramenta a seu favor para se destacar entre os concorrentes.

A segurança também influencia nessa decisão, afinal, ter um servidor próprio não compartilhado é garantir um site mais seguro e com melhor desempenho.

Existem vários tipos de hospedagem em que uma empresa pode investir, mas ainda assim, a dedicada é a que oferece o melhor serviço, sendo melhor, até mesmo, do que os meios compartilhados.

Contudo, nem todos sabem diferenciar esses servidores, por isso, acabam lidando com alguns problemas em seu principal canal de comunicação na internet: seu site.

A página precisa ter todo respaldo para funcionar, afinal, estamos falando do canal oficial de uma empresa, algo 100% institucional.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é hospedagem dedicada, quando ela deve ser usada e quais são suas vantagens. Acompanhe!

Afinal, o que é hospedagem dedicada?

Hospedagem dedicada é um servidor que fica à disposição somente do proprietário do site. Ou seja, ele não precisa dividi-lo com outros clientes.

Todos os recursos são exclusivos para uma única empresa, contudo, ela será a responsável por ele.

Isso quer dizer também que essa opção não é acessível para todos, uma vez que ela envolve custos, sendo necessário saber exatamente quando fazer esse tipo de investimento.

Se uma empresa de interface de audio focusrite recebe muitas visitas em seu site ou blog, talvez seja o momento de pensar nessa possibilidade.

Em outras palavras, a hospedagem dedicada é indicada para negócios maiores que precisam de um sistema on-line para manter seus processos interligados.

É possível ter uma hospedagem dedicada com recursos reduzidos, mas as melhores empresas que fazem esse trabalho oferecem o servidor como um painel de controle que simplifica todo o gerenciamento da hospedagem do site.

Seu funcionamento acontece 24 horas por dia, garantindo a segurança das informações e mantendo online todos os componentes do site, como:

  • Fotos;

  • Arquivos;

  • Publicações;

  • Links;

  • Textos.

O objetivo, por fim, é permitir que mais pessoas acessem as páginas de uma organização, como as fabricantes de elevador carga residencial, sem que haja congestionamento no site.

Quando devo usar a hospedagem dedicada?

Muitos sites funcionam sem depender desse tipo de solução, mas quando as empresas crescem muito, precisam investir em soluções que lhes acompanhem nesse processo.

É preciso estar atento para perceber quando isso acontece, e alguns sinais podem ser identificados, tais como:

1 - Contratempos na segurança

A segurança é assunto sério, principalmente se você trabalha com transações online ou informações consideradas sigilosas. Se elas estão em risco, também está em ameaça a credibilidade da empresa.

Muitas organizações recebem, diariamente, informações de usuários e elas precisam ser protegidas. O servidor dedicado impede que você precise dividir recursos com outros usuários.

Portanto, todos os seus recursos, como o firewall e o script de segurança são exclusivos do proprietário. Isso diminui as possibilidades de problemas na segurança de dados por conta de uso de terceiros.

2 - Queda no ranqueamento

Nenhuma hospedagem influencia o posicionamento de um site nos resultados de pesquisa do Google. Mas um servidor ruim, sim.

Se uma escola com berçário particular usa um servidor dedicado, consegue garantir um tempo online maior. Conhecido como uptime, indica o tempo que o servidor está funcionando ininterruptamente.

Quanto mais tempo ele trabalha, mais relevante o site se torna para o Google, isso porque há uma maior disponibilidade, sem interferências na experiência do usuário.

3 - Diminuição dos acessos

A queda de acessos é a principal razão que leva uma empresa a procurar por um servidor dedicado. Quanto mais pessoas acessam, mais sujeito a quedas ele está, o que pode causar incômodo aos visitantes.

Se o site da sua empresa cresce constantemente, é preciso priorizar a experiência do usuário e garantir que ele consiga executar a ação que deseja em suas páginas.

O servidor compartilhado tem mais recursos, e podemos compará-lo, inclusive, a um meio de transporte consegue locomover um grande número de pessoas em grande velocidade e sem interrupções.

Por outro lado, se você usa uma hospedagem compartilhada é como optar por um ônibus, que apesar de levar muitas pessoas, está sujeito a andar mais lentamente.

Sendo assim, se uma fabricante de telão de led para shows, por exemplo, deseja que muitas pessoas acessem o seu site com tranquilidade, precisa de um servidor dedicado.

4 - Pouca autonomia

É difícil fazer atualizações no site frequentemente para poder alterar suas configurações. O acesso root é um recurso do servidor dedicado que permite alterar e configurar o servidor da maneira que o proprietário preferir.

Neste caso, é possível agendar diferentes quantidades de tarefas e scripts, o que facilita o trabalho do desenvolvedor.

Ele consegue melhorar consideravelmente o site, instalando um banco de dados, módulos personalizados, extensão de PHP, dentre outras possibilidades.

5 - Desempenho e performance afetados

Se tem uma coisa que desagrada os usuários de internet e os buscadores são sites que demoram para carregar. O Facebook, por exemplo, reduziu o alcance de publicações que contenham links que levam para páginas de carregamento lento.

Para o Google, se o site de uma empresa de pinturas residenciais carrega rapidamente, ele é classificado como relevante. Portanto, o tempo de carregamento está entre os principais fatores de ranqueamento.

Um site lento perde acesso, mas também posições consideráveis nos resultados de busca. O servidor dedicado acaba com esse problema porque tem maior capacidade de processamento e recursos exclusivos.

O site passa a ter uma estrutura maior, suportando muitos acessos, publicações pesadas e mais requisições em seu banco de dados.

Vantagens do servidor dedicado

Até aqui, você entendeu o que é servidor dedicado e quando é a hora de utilizá-lo. Neste tópico, vamos mostrar as suas principais vantagens, para que você entenda porque grandes empresas, como as de reboque 24 horas preferem essa solução.

Uma das vantagens é o aumento da performance, pois esse tipo de hospedagem melhora o desempenho do site. Exatamente por isso que a lentidão diminui, aumenta a confiança e a satisfação dos usuários.

A hospedagem dedicada é mais flexível, o que confere mais liberdade para instalar plugins, scripts e módulos, como falamos anteriormente.

Esse tipo de servidor também auxilia a escalabilidade de projetos de crescimento mais rápido e com picos de acesso.

A hospedagem dedicada também confere mais autonomia aos profissionais de TI de uma fabricante de carpete para quarto, por exemplo.

Com isso, eles conseguem fazer uma melhor gestão de acessos, que ajudam a controlar o banco de informações. Com esse recurso, também é mais viável ter acesso à linhas de comando como root.

Também há um maior equilíbrio na hospedagem dedicada por conta da exclusividade que ela proporciona. Os data centers usados são de primeira categoria, portanto, é uma opção que conta com o melhor em rede e hardware.

É exatamente por isso que a infraestrutura usada proporciona as melhores condições de desempenho e de estabilidade para quem opta por esse tipo de hospedagem.

Outra vantagem que se destaca é o aumento da segurança, e qualquer empreendedor, até mesmo um mecânico de bike, precisa que seu site seja um ambiente seguro.

Quem usa a hospedagem dedicada não precisa se preocupar com esse assunto, visto que os acessos limitados podem ser personalizados. Também é possível bloquear IPs (Internet Protocol, ou protocolos da internet) e investir em outras ações de segurança.

Há uma banda larga maior, assim como espaço para armazenamento, sem as competições características da hospedagem compartilhada.

Se você precisa dividir o servidor com um site que possui um tráfego muito grande, com certeza terá problemas. O servidor dedicado, por sua vez, evita esse tipo de transtorno.

Cada servidor possui um IP, e na hospedagem compartilhada, esse endereço é dividido entre diversos sites. Se um deles possui conteúdo reprovado pelo Google, o seu site vai lá pra baixo junto com ele nos resultados de pesquisa.

Por outro lado, com a hospedagem dedicada, você não precisa dividir o endereço IP com outros sites. Isso é muito vantajoso para as empresas, mas, principalmente, para quem tem uma plataforma e-commerce.

Conclusão

Ter um site é uma necessidade atualmente, uma vez que ele é a base para as estratégias de marketing, vendas e comunicação com o cliente. Portanto, ele precisa funcionar bem para que a empresa obtenha os melhores resultados.

A hospedagem dedicada garante esse funcionamento, elevando a qualidade de suas páginas e garantindo que os seus visitantes tenham a melhor experiência ao navegar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.