Espaços publicitários: Como comercializar em um site?

Espaços publicitários: Como comercializar em um site?

Todo mundo já ouviu dizer que o marketing é a alma do negócio, mas isso não quer dizer que os empresários e gestores entendam na prática o que isso significa ou como comercializar espaços publicitários em seu site, por exemplo.

 

De fato, o universo digital trouxe algumas novidades e possibilidades tão profundas que não seria exagero dizer que nós ainda estamos apenas começando a compreendê-las em toda sua extensão e sua profundidade, como no caso aqui relatado.

Afinal, a comercialização de um espaço publicitário dentro de um website, como o de uma empresa de entrega expressa, nada mais é do que você vender ou comercializar parte do tráfego de pessoas que você está gerando, o que se torna um ativo seu.

Portanto, seu website, ou blog ou qualquer outra página do seu portal digital tem uma quantidade específica de pessoas que entram ali, como visitante e leitor. Isso gera uma audiência que pode ser interessante para outras marcas.

A origem disso é o próprio marketing offline mesmo, como quando vemos um outdoor ou mesmo um busdoor com mensagens como “Você leu isso? Seu cliente também pode ler, anuncie aqui”. O efeito disso é tão bacana, que acelera a proposta.

Afinal, o dono de uma empresa de sistema de segurança para casas vai pensar que, realmente, se ele se deparou com aquela mensagem, seus clientes em potencial também vão passar pelo mesmo quando ele pagar para deixar seu anúncio ali.

Deste modo, podemos dizer que a negociação de veículos midiáticos ou espaços publicitários é algo tão antigo quanto o surgimento do próprio marketing. 

Outros exemplos incluem revistas, jornais e tudo o que seja capaz de gerar um público cativo.

Portanto, um público que você pode mensurar em termos de ibope e, na sequência, precificar para que uma marca interessada possa pagar por essa audiência. 

A diferença é que antigamente, na época do rádio e da televisão, era bem mais complicado.

Afinal, as grandes emissoras vendiam um espaço específico a preço de ouro, mas nada garantia que um televisor ou rádio ligado ia converter o cliente, uma vez que era muito comum a pessoa ir fazer outra coisa na hora do comercial, em vez de assistir.

Já com o advento da internet isso mudou bastante, pois as métricas de público e de tráfego são muito mais assertivas, de modo que é possível você negociar um espaço publicitário com uma assertividade muito maior do que antes.

Daí que tenhamos achado por bem desenvolver este material, mostrando não apenas como você pode comercializar esse espaço em um site, mas também do que se trata esse tipo de espaço e quais as vantagens que os dois lados podem obter.

Afinal, se uma empresa de box vidro fumê decide vender seu espaço publicitário digital, essa negociação tem que trazer vantagens não apenas para quem está dispondo do tráfego, mas também para quem contrata o serviço e tem altas expectativas.

Inclusive, um dos pontos mais bacanas deste tema é justamente o fato de que hoje essa estratégia evoluiu tanto, que já pode ajudar empresas de todos os segmentos e nichos, sejam os mais industrializados e nichados ou os mais populares, como o varejo.

O importante é que haja sinergia entre um público de um lado, e de outro lado uma marca que oferta uma solução, a qual pode ser um serviço prestado ou mesmo uma venda tradicional.

Por isso mesmo, se o interesse mais genuíno e urgente do leitor é o de compreender seriamente como comercializar espaços publicitários em seu site, tirando disso os maiores benefícios, então é só ficar por aqui e seguir até o fim da leitura.

O que é essa estratégia?

Quem já ouviu falar a frase “Vamos fazer uma publicação?”, tem noção do que é o universo de venda de tráfego e de espaços publicitários, o que aliás tem se disseminado incrivelmente com o advento da internet, dos motores de busca e das redes sociais.

Inclusive, uma das frentes que mais populariza isso é a dos influencers digitais, já que hoje eles são famosos, estão na televisão também e fazem exatamente esse tipo de serviço.

Adiante aprofundaremos isso, mas é curioso notar como a ideia por trás do influenciador digital é algo mais antigo do que as pessoas imagem em um primeiro momento.

Trata-se, como vimos, da ideia de chamar atenção de um público cativo, fidelizando essa audiência e gerando um ibope que depois pode ser monetizado por terceiros.

Afinal, uma indústria de trocador de calor industrial precisa desse tipo de veículo tanto quanto uma loja de roupas que precisa atrair clientes novos e aumentar suas vendas.

A alma de todo marketing e, no fundo, de toda marca, sempre foi a de que “aquele que não é visto não é lembrado”. 

Sendo assim, sua marca precisa ser vista para que, estando no momento de compra, o cliente se lembre de você e considere comprar.

Se lembrarmos que vivemos um dos momentos de maior competitividade e concorrência que o mercado já viu, então percebemos que tudo isso se torna ainda mais importante do que pode parecer em um primeiro momento.

Por isso, essa estratégia tem se diversificado cada vez mais. Deste modo, hoje podemos dizer que, basicamente, os veículos de venda de espaço publicitário incluem:

  • Websites e blogs;

  • Programas de afiliados;

  • Redes sociais;

  • Lives e webinários;

  • Redes de display.

Cada uma delas pode ajudar a pessoa que quer comercializar um espaço publicitário em um site. 

Afinal, todas seguem os mesmos princípios e também servem para disparar insights e ideias sobre como atrair mais gente e valorizar seu passe.

Além do mais, a venda desse espaço conta não apenas com ações de marketing, mas também com campanhas, como um pet shop especializado em Lulu da Pomerania branco, que pode criar campanhas mais completas, com diversas ações complementares.

Portanto, um pacote de comercialização de espaço publicitário pode incluir publicações, banners, e-mails, interação e muito mais, gerando uma rede de interação e de público.

Sobre a comercialização

Na prática, a comercialização pede alguns preparativos que podem fazer com que seu site tenha muito mais poder de barganha perante o anunciante.

Por isso, é fundamental levar esses fatores em conta, como o fato de que seu site ou portal precisa ter um fluxo contínuo de publicações, mais ou menos como uma emissora de televisão que ficava ligada o dia todo, com uma grade de conteúdo fixa.

Assim, antes de se apresentar a uma empresa de uniformes de limpeza, tenha em mente e até coloque no papel toda sua agenda editorial. O que importa não é tanto o conteúdo, mas as métricas de tráfego que você é capaz de gerar.

É muito comum ouvir a pergunta sobre quantos visitantes por mês alguém precisa contabilizar para poder vender um espaço publicitário. Contudo, essa pergunta é mal elaborada e pode trazer várias confusões.

No fundo, é preciso tomar cuidado com a métrica de vaidade, lembrando que acessos, curtidas e até comentários não garantem que seu público é de qualidade.

Não adianta de nada postar uma foto engraçada e ter milhares de visitas, se as pessoas não confiam no seu site, pois não vão comprar nada que um banner estiver anunciando.

Então, se a firma trabalha com camiseta personalizada aniversario, ela vai querer saber se o seu público é fiel, quanto tempo ele permanece no seu site, se ele clica nos links e daí em diante.

Por isso, um segredo incrível aqui é levar cases de sucesso, ou seja, mostrar relatórios de outras campanhas que você já tenha feito. 

Caso não tenha nenhum cliente ainda, faça campanhas para si mesmo e depois gere os devidos relatórios em cima dela.

As vantagens e benefícios

Algumas pessoas ficam em dúvida sobre as vantagens de comercializar os espaços publicitários de um website próprio. O que já mostra que não se trata de um influenciador ou de um publicitário profissional, já que estes vivem disso.

No fundo, uma das principais vantagens é justamente a experiência que você vai adquirir em termos de tráfego, fidelização de audiência, tempo de permanência na página e daí em diante.

Na verdade, o verdadeiro tesouro da internet está com quem consegue realmente fidelizar um público e gerar tráfego, pois o resto é só barulho sem qualidade.

Sendo assim, você ganha uma experiência incrível, que pode ser aplicada em seu próprio nicho, seja o de uma loja de sorvetes ou de redes de proteção.

Por fim, também é preciso falar dos benefícios financeiros. Afinal, certamente não é nada mal conseguir gerar uma receita contínua por meio de algo que você nem imaginava que poderia ganhar todo esse protagonismo.

Algumas pessoas podem abrir um site com outras intenções, e no meio do caminho, descobrir que a comercialização de espaços publicitários é até melhor do que o que ela pretendia fazer.

Conclusão

Resumindo, o universo dos sites e das redes sociais como um todo trouxeram tantas novidades que às vezes é difícil acompanhar, como no caso da comercialização de espaços publicitários.

Pouca gente sabe do que se trata, mas com as informações e dicas que trouxemos aqui, fica bem mais claro como fazer esse comércio e extrair dele os melhores resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.