Entenda o que é Core Web Vitals

Entenda o que é Core Web Vitals

O Core Web Vitals para otimizar um site é procurar maneiras que garantam excelentes experiências aos usuários em curto, médio e longo prazos. Nesse cenário, desde sempre o Google faz algumas indicações relacionadas a esse assunto.

 

É que com a chegada do Core Web Vitals, fica ainda mais fácil identificar pontos de melhorias que precisam ser realizadas.

Esta é, justamente, uma iniciativa do Google para fornecer informações de maneira centralizada e organizada acerca de todos os aspectos fundamentais para garantir uma boa experiência ao usuário.

Isso reforça o fato de que os proprietários de sites, bem como os desenvolvedores, não precisam ser nenhum tipo de especialistas para entender do que se trata quando falamos em uma experiência positiva para o usuário.

O Google, por meio do Web Vitals, ajuda a simplificar essa questão, oferecendo recomendações nesse sentido, e elas são conhecidas como Core Web Vitals.

Se você tem um site e gostaria de melhorá-lo continuamente para os seus visitantes, não deixe de ler este artigo até o final.

Vamos explicar o conceito de Core Web Vitals, por que investir nesse recurso e quais são as funcionalidades dele. Se você quer saber mais sobre o assunto, acompanhe a leitura!

Entendendo o conceito de Core Web Vitals

Essa iniciativa do Google nada mais é do que um conjunto de métricas que podem ser aplicadas em todas as páginas do seu site. Além de realizar as melhorias necessárias, ele também trata-se de uma maneira de mensurar as ações.

Essa prática pode ser realizada por todos os usuários, além de ser exibida em todas as ferramentas do Google.

Por exemplo, um fabricante de juntas de vedações, em cada um dos conjuntos, verá uma parte diferente do todo relacionado à experiência do usuário. Isso é completamente mensurável e com foco na experiência que o usuário tem de fato.

As métricas presentes nessa ferramenta podem ser utilizadas com as demais que também são voltadas para a análise de experiência do cliente.

Dentro da página, podemos notar que elas estão relacionadas com fatores de ranqueamento e resultados orgânicos. As métricas dentro do Core Vitals vão evoluir de acordo com o tempo e com as tecnologias que surgem.

No ano de 2020, por exemplo, a ferramenta procurou se concentrar no carregamento, interatividade e estabilidade visual da página, e para analisar esses aspectos, seu ponto de partida foram 3 métricas.

Uma delas chamada de Largest Contentful Paint (LCP), que mede a qualidade do carregamento do conteúdo principal de uma página. Então, determinou-se que para uma experiência satisfatória, o LCP deve ser de 2 segundos e meio.

Outra métrica que uma empresa de caldeiraria pesada pode avaliar desde 2020 é chamada de First Input Delay (FID), que mede a interatividade do site.

Se você quer oferecer uma experiência realmente satisfatória, a média do FID deve ser menor do que 100 milissegundos.

Por fim, também é possível avaliar o Cumulative Layout Shift (CLS), que mede a estabilidade visual das páginas do site, e se você quer garantir uma experiência realmente satisfatória, ele deve estar abaixo de 0,1.

É importante dizer que essas métricas do Core Web Vitals são válidas tanto para páginas mobile quanto para aquelas de versão desktop, além de que o uso dessa ferramenta pode trazer muitas vantagens para as organizações.

Por que adotar essas métricas?

De acordo com o próprio Google, se o seu site seguir as recomendações das métricas dessa ferramenta, terá 24% menos chances de o visitante abandonar as páginas.

Em outras palavras, é como se as suas páginas ganhassem o mesmo percentual de tráfego, executando tarefas simples, como o ajuste do tempo de carregamento. Com base nisso, já dá para entender por que precisamos usar essa ferramenta.

Garantir uma boa velocidade de carregamento e investir na estabilidade das páginas são ações que fazem com que você possibilite jornadas tranquilas para os seus visitantes, além de mais rápidas e sem interrupções.

Obviamente, os visitantes de uma confecção de camisa de uniforme ganham muito com isso, uma vez que eles conseguem encontrar o que procuram com muito mais facilidade.

A marca, por sua vez, consegue fortalecer o relacionamento com essas pessoas e ainda garantir outras vantagens, como:

  • Aumento do tráfego;

  • Crescimento das conversões;

  • Melhora da experiência de busca;

  • Bom posicionamento nos resultados.

O tempo que uma página demora para carregar já é um fator decisivo para seu ranqueamento, e isso não é de hoje. 

Na verdade, o Google anunciou esse parâmetro em 2010, e em 2018 anunciou a importância de uma boa velocidade para dispositivos móveis.

Uma empresa de higienização de pisos que usa o Core Vitals vai atender aos parâmetros do Google porque, além de oferecer uma boa velocidade de carregamento em seu site, dispõe de uma série de métricas para avaliar melhor a experiência.

Isso diz respeito à rapidez do carregamento, interações mais rápidas e estabilidade do conteúdo, no que diz respeito ao carregamento e às interações.

Em outras palavras, podemos dizer que essa ferramenta representa, de maneira mais completa e eficiente, todos os fatores de ranqueamento importantes para o Google.

Esses fatores servem tanto para qualificar melhor o site, tendo como base os algoritmos do Google, quanto para determinar os ajustes necessários em suas estratégias de SEO (Search Engine Optimization), seja do blog ou do site.

Tanto uma empresa especialista em limpeza quanto qualquer outra também precisa compreender que toda vez que o Google anuncia um novo algoritmo, um de seus objetivos é incentivar os sites a melhorarem a experiência dos usuários.

Este buscador sempre faz diferentes atualizações em seus algoritmos, sem aviso prévio, portanto, quando a mudança é comunicada, é crucial se atentar a ela.

Ademais, usar essa ferramenta é vantajoso porque ela chega aos usuários com várias orientações sobre a maneira como podemos medir essas métricas e as ações que ajudam a melhorar a pontuação.

Assim sendo, as atualizações do Google vão impactar o site do seu negócio, seja nos dispositivos móveis ou até nos desktops.

Funcionalidades do Core Web Vitals

No primeiro tópico, apresentamos um breve resumo sobre as três métricas analisadas por essa ferramenta, mas vamos falar um pouco mais a fundo sobre essas funcionalidades.

No caso do LCP, um fabricante de banco para jardim de plástico pode se atentar a alguns fatores que prejudicam o carregamento das páginas.

Um deles é o tempo de respostas do servidor, e se este for o caso, é necessário contar com os profissionais certos para resolvê-lo.

Outro ponto que prejudica é o carregamento lento nos recursos da página. Nesse sentido, é importante otimizar os recursos, comprimindo imagens muito pesadas, usar conteúdos pré-carregados e cache, dentre outras possibilidades.

Por fim, o bloqueio de renderização também pode danificar o LCP. O ideal é que o conteúdo inserido na página seja pequeno, pois isso garante um ótimo desempenho.

Outra funcionalidade dessa ferramenta é o FID, e dentre seus objetivos está reduzir o tempo de execução do javascript do site de um fabricante de rodapé mdf branco 7cm.

O melhor a se fazer é remover códigos que não são utilizados, estabelecer um carregamento progressivo e minimizar dados que exigem pós-processamento por parte do usuário.

Outro objetivo da função FID é encontrar maneiras de minimizar o impacto que códigos de terceiros geram em suas páginas.

Com isso, você pode avaliar se precisa fazer uma limpeza no Google Tag Manager e priorizar o uso de elementos mais importantes.

Por fim, há a função CLS, que ajuda a reduzir as instabilidades da página e alguns dos elementos que podem causar esse problema são os vídeos e imagens que não possuem o dimensionamento adequado.

Para resolver ou evitar essa questão, uma empresa de impermeabilização de fachada pode inserir o tamanho das imagens e dos vídeos no HTML. Dessa forma, o espaço ocupado por elas pode ser previsto, evitando seu deslocamento.

Essa funcionalidade também lida diretamente com a inserção de Ads (anúncios), uma vez que eles carregam apenas depois que outros elementos já foram carregados.

O deslocamento provocado por isso pode prejudicar consideravelmente a experiência do usuário. Entretanto, é muito difícil conseguir prever o tamanho do anúncio que será carregado dentro da página.

Entretanto, existem maneiras de trabalhar essa questão, como por exemplo, alocando um espaço maior onde qualquer anúncio possa ser veiculado. Neste caso, a página corre o risco de ter um grande espaço em branco, caso o banner seja muito pequeno.

Conclusão

Otimizar as páginas de seu site é uma necessidade, e toda empresa investe nessas práticas. Mas, por meio do Core Web Vitals, um nível muito superior de otimização de páginas foi alcançado.

Os usuários terão uma experiência muito mais positiva em seu site, o que ajuda a organização a construir uma imagem positiva na web.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.