Entenda como funciona a programação em CSS

Entenda como funciona a programação em CSS

CSS é uma sigla para Cascading Style Sheet, uma linguagem de programação muito usada para estilizar elementos em uma linguagem mais comumente usada, como o HTML. 

Ele separa o conteúdo da representação visual de seu site, por exemplo, ao criar um flyer digital precisa de um cuidado especial para a estética, e o CSS é uma excelente forma de fazer este conteúdo.

Dessa forma, você consegue realizar muito mais edições e variações na decoração de sua página, como as cores de fundo, fonte e diversos outros detalhes com facilidade e rapidez, sem precisar editar o código fonte do site.

Dentre as outras possibilidades do que fazer com o CSS, podemos destacar:

  • Criação de tabelas;

  • Variações de layouts;

  • Ajuste de imagens;

  • Espaçamento entre parágrafos.

Criada em 1996, a ideia por trás do CSS foi auxiliar a programação HTML que não havia sido projetada para utilizar ferramentas de formatação. 

Para conseguir uma formatação adequada em sua página, era necessário ter uma série de detalhes com as marcações.

Entretanto, as tags que foram introduzidas na linguagem HTML eram muito complexas e normalmente não valiam a pena. 

Isso porque cada site tinha uma série de cores, fontes e estilos utilizados em sua construção, o que aumentava muito o trabalho de formatar.

Pensando nisso, o World Wide Web Consortium (W3C) criou o CSS para facilitar o trabalho e agilizar esse tipo de processo, sem que os programadores precisassem perder muito tempo para configurar a formatação de uma página.

Assim, montar um banner informativo em seu site se tornou uma tarefa muito mais simples.

A relação entre o CSS e o HTML é muito forte. Isso porque a primeira é a base de estilo e estética de um site, enquanto a segunda é sua base e alicerce na internet.

Portanto, são linguagens que podem ser muito beneficiadas com sua utilização em conjunto.

Vantagens do CSS

Qualquer site que tem o CSS implementado tem uma diferença gritante de um que não utilize a ferramenta.

Muitas páginas na internet às vezes parecem incompletas ou com um plano de fundo branco com texto azul e preto.

Esse é um indicativo de que a página não possui nenhum tipo de CSS ou que ele não está sendo carregado normalmente.

Para conseguir vender seu serviço de anilha academia você não pode ter um site que aparenta ser mal acabado, por exemplo.

Normalmente, um site assim possui apenas a programação HTML instalada. Isso torna o site pouco atrativo e passa uma má impressão para os usuários, que muitas vezes evitam acessar conteúdos nestes formatos.

Antes da criação do CSS, toda a formatação tinha que ser incluída durante a montagem do arquivo HTML.

Isso significa que era necessário fazer a marcação de cada um dos itens relacionados ao site, como planos de fundo, cor das fontes, alinhamento de texto e de imagens, entre outros elementos importantes para seu site parecer uma página de fato.

Entretanto, o CSS surgiu como uma excelente alternativa para quem deseja criar o estilo do site em um arquivo separado, sem perder os pontos importantes da arquitetura das páginas mas com a liberdade de alterar elementos estéticos.

Assim, você tem muito mais espaço em seu site para criar uma estética adequada para vender sistemas de automação residencial, por exemplo.

Quando você cria a folha de estilos em CSS, pode fazer a integração com o HTML de modo que a estrutura da programação permaneça limpa e fácil de encontrar qualquer atributo que você precise posteriormente para poder fazer qualquer reparo.

Isso significa que a maior vantagem do CSS é justamente permitir que você faça alterações sem que precise mexer diretamente no HTML de uma página, evitando assim o risco de desconfigurar seu site por completo.

Isso economiza muito tempo do ponto de vista da programação, além de diminuir os códigos e torná-los mais fácil de ler. 

Quanto menos complexidade tiver em um código HTML, menor será a chance de erros que podem surgir durante o processo.

Se você pretende criar um conteúdo de qualidade em seu site sobre sistema de exaustão, por exemplo, o CSS permitirá que você utilize uma estética adequada para a publicação.

Além disso, o CSS permite que você crie diversos estilos para uma mesma página HTML, o que aumenta a personalização da página em possibilidades que beiram o infinito, tornando o recurso da folha de estilos quase uma necessidade.

Estilos CSS

Existem alguns estilos básicos de CSS que costumam ser usados na criação de qualquer tipo de página. 

Compreendê-los e suas diferenças é ideal para que você saiba qual caminho tomar quando decidir começar a criar suas páginas usando a ferramenta.

CSS Interno

Este estilo é carregado sempre que o site for atualizado. Neste caso, você acaba facilitando o compartilhamento desse tipo de modelo para visualização. 

Entretanto, o carregamento constante pode acabar apresentando lentidão na página. Vivemos em uma era onde a internet é extremamente veloz. 

Por conta disso, o perfil do usuário comum se tornou mais exigente, e não há espaço para páginas de carregamento lento. Quanto mais lentidão você apresentar, maior será a quantidade de clientes perdidos.

Caso você precise criar um hotsite que só precisará ser utilizado em uma página, como um site de venda de auto de vistoria do corpo de bombeiros, pode utilizar esse tipo de CSS.

Por isso, é importante pensar muito bem na necessidade que você possui para escolher esse tipo de estilo. 

Ele fica restrito a uma página, também, o que o impede de usar o mesmo estilo em vários conteúdos diferentes.

CSS Externo

O método mais utilizado para o CSS é o externo. Neste caso, tudo é realizado em um arquivo com a extensão: “.css”, o que significa que você pode fazer todo o estilo em um arquivo próprio e então aplicá-lo em qualquer página que deseje.

Uma loja que vende joias pode usar o CSS externo para conseguir estilizar todo o site, criando até mesmo destaques para peças especiais, como um anel banhado a ouro feminino.

Por conta dessa facilidade, é comum que o tempo de carregamento de páginas acabe se reduzindo, permitindo uma ação mais rápida e direta do site em questão. 

Por conta destas vantagens, muitas empresas têm optado exclusivamente por este modelo de estilo.

CSS Inline

O CSS inline é um pouco mais complexo de trabalhar. Isso porque ele utiliza elementos específicos que possuam tag <style>. 

De grosso modo, isso significa que cada componente deve ser utilizado separadamente, o que leva tempo.

Por isso, ele é um dos menos indicados para trabalhar quando falamos de CSS. Entretanto, ele pode ser muito útil para explorar quando você não tiver acesso aos arquivos CSS do site, por exemplo.

Além disso, ele pode ser um grande aliado quando você precisa alterar rapidamente um único elemento da página ou visualizar rapidamente as alterações que efetuou enquanto estava trabalhando no estilo do site.

Principais usos do CSS

Existem inúmeras possibilidades de utilização do CSS para diferentes aplicações. 

Entretanto, alguns elementos são mais utilizados, e portanto devem ser de conhecimento comum, principalmente, se você pretende utilizar a ferramenta em seu site.

Para fontes

A maior parte do conteúdo na web é textual, por isso aprender a base de utilização de fontes é fundamental para que você consiga criar uma folha de estilos completa.

O primeiro código que você precisa entender é o Font-Size. Com este código, você consegue determinar o tamanho do texto que aparecerá em seu site. 

Os valores que você utilizará para isso podem ser usando o número da fonte e o código “px” ou uma porcentagem.

Já o Font-family permite que você escolha dentre as principais famílias de fontes disponíveis na internet, com serifas ou sem, para que o site fique exatamente como você pretende utilizá-lo.

O termo Font-weight, por fim, determina o “peso” que a fonte ficará. É um comando ideal para quando você deseja que uma parte do texto fique em negrito, e é possível escolher o quão destacado o texto ficará com um valor numérico.

Para cores

Por meio do comando color você pode utilizar valores hexadecimais para definir as cores escolhidas como destaques no texto. 

O código hexadecimal de cores é muito utilizado em ferramentas de edição gráfica.

Além disso, você pode facilmente encontrar os valores na internet, facilitando seu trabalho na hora de definir as cores que o seu texto utilizará.

Para fundos do site

Esta é uma propriedade importante, pois o fundo do site deve ser harmonioso com seu conteúdo para você não ter um resultado estético negativo, que acabe afastando as pessoas de seu site.

Com o código background, você consegue inserir cores específicas para o fundo, nos mesmos moldes da categoria anterior. Além disso, você pode colocar uma imagem de fundo que represente seu conteúdo.

É possível escolher também se a imagem ficará estática no fundo do site ou se ela se repetirá, criando uma sensação de infinidade no conteúdo.

No caso de uma empresa de licenciamento ambiental Cetesb, o fundo pode ser tanto temático com meio ambiente como uma repetição de seu logotipo, para firmar a imagem na cabeça do cliente.

Considerações finais

O CSS surgiu como uma ferramenta de apoio para a produção de conteúdo em HTML, e hoje em dia é uma ferramenta indispensável para criar todo o ambiente estético de um site.

Este tipo de ferramenta deve ser muito bem estudada para que você consiga utilizar todos os seus recursos e criar uma página que se encaixe em suas vontades iniciais para o site.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.