Conheça algumas dicas de locução para estrelar um programa de rádio

Conheça algumas dicas de locução para estrelar um programa de rádio

Engana-se quem pensa que fazer uma locução de rádio é algo simples. Ao contrário, é preciso investir em diversas técnicas vocais, justamente para evitar ruídos, travas na língua e dificuldades na hora de transmitir a informação aos ouvintes.

 

Aliás, a boa locução depende muito mais da técnica vocal do que da qualidade dos equipamentos. Você pode ter um ótimo microfone sem fio profissional, mas se não souber controlar a respiração, poderá colocar tudo a perder.

 

Sem uma respiração adequada, você terá algumas consequências na fala, como perda do ar dos pulmões e dificuldades na hora de terminar uma frase.

 

Sendo assim, é preciso fazer um treino de voz, exercitando os músculos da faringe, que são os grandes responsáveis pela afinação vocal. 

 

Assim, é possível ter maior controle vocal, evitando movimentações desequilibradas ou colocando força nos músculos nos momentos errados.

 

Mas isso não quer dizer que você precise dispensar os equipamentos. O microfone e a mesa de som profissional também são essenciais para gravar a sua locução.

 

No artigo de hoje, conheça algumas dicas de locução para estrelar um programa de rádio e saiba como preparar a sua voz da maneira adequada. Acompanhe a leitura!

1 - Comece treinando a sua respiração

Como dito anteriormente, o primeiro passo para treinar a sua voz para locução é começar com a respiração, pois ela ajudará na distinção da fala. Para isso, é necessário fazer um treino diário, já que quanto maior é a frequência, melhor é a respiração.

 

Além disso, esse treino ajuda em questões de saúde, sendo um ótimo exercício para o fortalecimento dos pulmões e para a oxigenação dos tecidos.

 

Os movimentos são bem simples. Um dos exercícios consiste em deitar no chão, tapete ou qualquer outra superfície com um livro apoiado na barriga. Depois, comece a inspirar pelo nariz e expirar pela boca, com calma, sem movimentar tanto o livro.

 

Você pode contar dez respirações e realizar a repetição por três vezes. Aos poucos, você terá o controle da inspiração e expiração.

2 - Relaxe a fala

Para evitar travas na língua e conseguir uma boa dicção, uma dica é fazer exercícios de relaxamento vocal, antes de iniciar a locução.

 

Você pode separar uns cinco exercícios, escrevendo a ordem deles em um moleskine branco para não esquecer.

 

Um bastante simples é apoiar levemente os dois dedos (anelar e indicador) sobre o nariz, sem obstruir a respiração. Depois, faça um som de abelha (uma espécie de “hummm”), por um minuto, com a boca fechada. 

 

Faça uma pausa de 30 segundos e repita o exercício por até três vezes.

 

Outro movimento para relaxar a fala é a movimentação da língua. Coloque-a na ponta do nariz, no queixo e tente atingir as laterais do seu rosto. Faça isso por um minuto.

 

Você também pode estalar a língua, colocando a ponta dela no palato duro (céu da boca) e fazendo repetições com a boca aberta e em formato de O. Sairá um som semelhante a um clá e depois um clo, respectivamente.

3 - Leia trava-línguas com frequência

Os trava-línguas são ótimos aliados para articular os músculos da boca e ajudar na dicção, destravando a sua fala.

 

Hoje em dia, é possível encontrar inúmeros trava-línguas, que são usados até em flyer digital para chamar a atenção do público. Afinal, além de ajudar na locução, eles também entretêm o público.

 

Alguns dos trava-línguas mais comuns são:

 

  • Três tigres tristes comendo um prato de trigo na trilha do trem;

  • A Lara agarra e amarra a rara arara de Araraquara;

  • O peito do pé do Pedro é preto;

  • O padre pouca capa tem, porque pouca capa compra.

 

Lembre-se de falar os trava-línguas antes de entrar no programa de rádio ao vivo. Se necessário, leve um flying v dean com essas frases impressas para treinar durante o expediente.

4 - Faça um aquecimento vocal

Os exercícios de voz antes e após a locução ajudam a manter a saúde da sua garganta, evitando que os músculos da faringe fiquem comprometidos e, consequentemente, possam comprometer a sua fala.

 

Por isso, recomendamos um aquecimento da voz antes de entrar na gravação, bem como um desaquecimento, quando terminar a gravação. Isso ajudará a conseguir uma boa qualidade de áudio, além de permitir o descanso dos músculos da fala.

 

Uma maneira útil de aquecer a voz é colocando a sua língua no céu da boca e fazendo sons vibrantes como “trrr”. Depois, vibre os lábios fazendo “brrr”, até que o ar dos pulmões acabe. Mantenha o abdômen contraído durante o processo.

 

Para desaquecer, beba água na temperatura ambiente e faça alguns bocejos. Deixe sua fala em repouso por, no mínimo, 20 minutos.

 

Além disso, por mais que a rádio tenha deliciosos insumos máquina de café, evite beber bebidas extremamente quentes após a locução, bem como líquidos gelados, pois eles podem causar danos aos músculos da laringe.

5 - Beba água regularmente e mantenha uma boa alimentação

O consumo de água é fortemente recomendado para todos que trabalham com a voz, incluindo os locutores.

 

A água é responsável por lubrificar toda a laringe, melhorando a hidratação da garganta e evitando o ressecamento das pregas vocais. Assim, é possível emitir a fala sem tensão, colaborando para a saúde da sua voz.

 

Para os locutores, recomenda-se manter uma alimentação equilibrada em conjunto com o consumo de água. Ou seja, é importante consumir frutas, legumes e verduras, para que a saúde da voz se mantenha firme.

 

Além disso, é preciso ter cuidado com os alimentos que causam refluxo, como o abacaxi, o limão, a laranja e a batata. O chocolate também deve ser evitado, pois ele aumenta a secreção de muco no trato vocal, prejudicando a emissão da voz. 

 

Por outro lado, há alimentos que devem ser aliados dos locutores. Um exemplo é a maçã, pois essa fruta ajuda na limpeza das cordas vocais, garantindo mais saúde e clareza no momento de trabalhar com a voz. Se for necessário, consulte um nutricionista.

6 - Evite falar muito alto

Outro cuidado diário para os locutores é evitar gritos e falas muito altas no seu dia a dia. Afinal de contas, isso pode prejudicar os músculos da laringe, fazendo com que você “perca” a voz momentaneamente.

 

Mesmo que você esteja em uma oficina martelinho de ouro extremamente barulhenta, prefira conversar mais perto das pessoas, para não elevar tanto a voz.

7 - Cuidado com o ar-condicionado

Sabemos que o Brasil é um país extremamente quente e, em algumas épocas do ano, é praticamente impossível viver sem ar-condicionado, ou pelo menos um ventilador.

 

No entanto, no caso dos locutores, é importante evitar ambientes em que o ar-condicionado esteja muito forte e em uma temperatura muito gelada, pois o frio pode causar inflamações nas cordas vocais, ou até mesmo uma infecção de garganta.

 

Além disso, aparelhos como este diminuem a umidade do ar, ressecando a região das pregas vocais. Então, dê preferência para locais que tenham uma divisória de ambiente de gesso para evitar o ar gelado.

 

Se não for possível e o calor estiver muito grande, aumente o consumo de água.

8 - Evite cigarros e bebidas alcoólicas

Para manter a qualidade da sua voz, além de adotar hábitos mais saudáveis, como ingerir bastante água e ter uma dieta equilibrada, é importante evitar o cigarro e as bebidas alcoólicas, já que eles podem comprometer toda a sua saúde vocal.

 

Os fonoaudiólogos ressaltam que tanto o cigarro quanto o álcool são prejudiciais para os locutores, uma vez que eles agridem o sistema respiratório e as cordas vocais. A fumaça, por exemplo, causa irritação e ressecamento.

 

O álcool, por ter um efeito anestésico, também pode causar lesões, pois você acaba utilizando mais a voz do que o necessário. 

 

Portanto, tenha cuidado com os seus hábitos e, de preferência, busque uma vida mais saudável. Você verá que, além da sua voz, todo o seu corpo mudará para melhor.

 

Além disso, os locutores devem manter uma rotina de consultas periódicas com fonoaudiólogos, para acompanhar a saúde da voz e aprender alguns exercícios de dicção.

Conclusão

O trabalho de um locutor não é nada fácil, ainda mais para quem trabalha em grandes programas de rádio, já que é preciso ter uma fala clara, limpa e um tom de voz pacífico e entusiasmado.

 

Tudo para manter a atenção dos ouvintes e reproduzir a informação com transparência. Por esse motivo, os locutores precisam ter alguns cuidados rotineiros com a voz, adotando hábitos saudáveis e fazendo exercícios de aquecimento vocal.

 

O artigo de hoje buscou mostrar alguns exemplos de treinos de voz, bem como dicas importantes para manter a saúde da sua fala. Desse modo, você perceberá o quanto a sua dicção irá melhorar.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.