Confira: O que ninguém te contou sobre a Web rádio

Confira: O que ninguém te contou sobre a Web rádio

Com as constantes mudanças no mercado e na sociedade, as formas tradicionais de comunicação acabaram sofrendo alterações ao longo dos anos, passando a utilizar cada vez mais o meio virtual, como é o caso da web rádio. 

 

Sendo um dos meios de comunicação mais antigos que existem, e ainda assim sendo de grande importância dentro das mais diversas áreas, o rádio é uma fonte tradicional que sofreu transformações ao longo dos anos, mas sem perder muito a sua essência.

Embora alguns tenham a percepção de que não é mais tão importante como antes, esse formato de comunicação ainda é um dos mais conceituados nas mais diversas áreas.

A história da rádio se deu início nos anos de 1831, quando Michael Faraday descobriu a indução magnética em seus experimentos, sendo uma das bases que posteriormente facilitariam a criação do aparelho.

No ano de 1887, Henrich Rudolph Hertz utilizou duas bolas de cobre que criaram faíscas que atravessaram o ar, sendo um dos princípios usados para essa comunicação que usaria ondas para transportar as mensagens.

Na cidade de Londres, em 1896, a primeira companhia de rádio foi fundada pelo cientista italiano Guglielmo Marconi com emissão de sinais, e também a recepção no formato sem fio, para que no ano seguinte Oliver Lodge criasse o circuito elétrico por sintonia.

Essa invenção acabou colaborando com o que permitiria a mudança de frequência para o que o ouvinte desejasse. 

A primeira transmissão oficial de rádio surgiu em um evento esportivo, contudo, somente em 1921 que a transmissão de voz ocorreu, e em 1922 que as ondas curtas foram introduzidas. 

A partir de então, o mundo começou aos poucos a aderir este formato de comunicação que, progressivamente, foi sendo expandido de forma regional para nacional. 

O que é uma web rádio?

Por ser um meio de comunicação que é feito com uma tecnologia mais avançada, tal como uma divisória vidro temperado, a web rádio também é conhecida como rádio online e possui os mesmos objetivos que o formato tradicional proporciona aos ouvintes.

Esse formato de comunicação é feito através de uma plataforma digital que transmite os conteúdos pela internet, através da tecnologia de streaming, que permite que o locutor e o receptor se comuniquem em tempo real.

Por conta disso, é preciso que o acesso de uma rádio web esteja inteiramente ligada à internet, embora algumas plataformas estejam aperfeiçoando seu formato para que também funcionem em modelo offline.

O formato de rádio pela internet começou a entrar em circulação por volta dos anos 90, quando a tecnologia online se fez cada vez mais presente dentro da sociedade. 

Quais são as diferenças entre rádio tradicional e web rádio?

Uma das principais diferenças está em torno do processo de lançamento da rádio. O formato de web rádio pode contar com menos burocracia e dependendo, em alguns casos, somente de uma necessidade de endereço fiscal virtual.

Já a rádio tradicional deve obter documentos para que possa funcionar dentro da lei de determinada região ou país, o que pode ser algo que demore mais tempo para ser conquistado. 

A frequência para se conquistar os ouvintes também é uma divergência entre esses dois formatos de comunicação, visto que a forma tradicional da rádio é por frequência no formato de AM ou FM, enquanto as rádios pela internet são por plataformas digitais.

Além de que, procurando expansão e novos ouvintes, são disponibilizadas em plataformas e aplicativos compatíveis com dispositivos móveis como celulares e tablets.

Um estúdio para gravação também é um dos diferenciais entre as duas rádios, uma vez que o formato web acaba contendo menos equipamentos que uma convencional, que precisa possuir:

  • Ambiente acústico;

  • Microfones específicos;

  •  Antena;

  • Transmissor de FM ou AM.

Enquanto as rádios pela internet necessitam somente de um computador com acesso a internet e que possa ter um microfone vinculado ao aparelho, tornando-se assim um modo econômico de começar este modelo de comunicação.

Especialmente porque, em algumas plataformas, as transmissões passadas ainda ficam disponíveis para serem ouvidas mesmo após alguns dias.

Portanto, se houve uma promoção de limpeza de carpete empresarial e o ouvinte perdeu, é possível ouvir novamente.

Sendo cada vez mais comum, a web rádio acaba conquistando um espaço no cotidiano da sociedade de forma que não deixe as transmissões de rádio caírem em esquecimento.

A relação entre web rádio e o podcast

As transformações no cotidiano são cada vez mais constantes, especialmente quando se trata de se comunicar, e uma delas é o surgimento e popularização do podcast.

O podcast é um formato de áudio que pode ser ouvido a qualquer momento, sendo que possui uma temática e também pode ser dividido entre episódios ou capítulos que não necessitam de uma sequência para serem ouvidos.

Deste modo, se um podcast sobre dicas de casa ensinar a como fazer a manutenção de uma cortina blecaute persiana, no outro pode ser sobre pisos e carpetes.

Os podcasts também podem ser vistos como uma forma de passar o tempo, ou até mesmo ajudar nos estudos acadêmicos, dependendo da temática do programa.

Embora possam ser considerados como uma comunicação de streaming, por ser online, as diferenças em torno deles é por conta da forma que ambos serão acessados e como serão consumidos.

O podcast é uma comunicação que precisa de cadastros na plataforma e também uma senha, podendo ser algo que seja ouvido no celular, computador, tablet ou até mesmo em televisores que possuem o suporte para a plataforma.

A web rádio não necessita de senhas, sendo uma forma mais livre de ser ouvida, enquanto o podcast se mostra como algo mais restrito para um público específico, que já está cadastrado dentro daquela plataforma.

Os podcasts também podem acabar sendo uma forma de promoção de marketing de conteúdo de uma empresa, e até mesmo entrar nas estratégias de otimizar as pesquisas nos motores de busca, conhecidos como SEO.

Portanto, as diferenças entre ambos estão em torno dos seus objetivos, sendo que o podcast traz consigo um conteúdo mais direcionado, enquanto a web rádio é uma forma de comunicação mais aberta e diversificada.

Ondas eletromagnéticas vs. streaming

As transmissões acabam sendo um dos tópicos que mais definem e distinguem os formatos de rádio tradicionais para os formatos online.

Enquanto as ondas eletromagnéticas dos rádios tradicionais funcionam apenas no formato de AM e FM, o web rádio conta com a internet e o sistema de streaming para que seus ouvintes possam ter uma boa conexão.

Visto que, dependendo de onde o ouvinte está fazendo um ensaio de aniversário, por exemplo, as ondas eletromagnéticas acabam não alcançando por conta da distância da antena da rádio até o ponto do ouvinte.

A web rádio, por outro lado, encontra problemas quando se trata da qualidade da conexão da internet e da velocidade que ela possui, não importando a distância entre as transmissões.

Por isso, pode ser utilizada enquanto se instalam adesivos personalizados automotivos em um ambiente mais afastado do centro que não haverá problemas e nem falhas pela distância.

Quais as vantagens de se ter uma web rádio?

Uma das principais vantagens é a ausência de burocracia e de aparelhos sofisticados para que possam ser transmitidos os sinais, deixando o investimento de capital para as plataformas ou para o próprio computador que será o ponto chave da transmissão.

Os benefícios também englobam que o ouvinte possa escolher os dias passados que deseja ouvir, ou então poder contribuir com a rádio, caso adote o sistema de financiamento coletivo.

Para os pequenos empreendedores, algumas rádios web também oferecem uma forma mais vantajosa financeiramente para fazer propagandas, e com isso, acaba sendo uma estratégia que pequenas empresas podem adotar.

Considerações finais

O rádio é um meio de comunicação que foi aprimorado com o passar dos anos, e com isso, foi se popularizando nos mais diversos tipos e formatos, desde o podcast até mesmo o web rádio.

Por ser uma forma mais prática e mais econômica deste tipo de comunicação, a web rádio se mostra uma alternativa por conta das vantagens que estão incluídas, sendo elas a possibilidade de ouvir transmissões passadas e a conexão mais fortalecida.

Tanto um podcast sobre dicas de fachada de loja de roupas, quanto uma web rádio são uma evolução do meio de comunicação que começou no fim do século XIX, e que ainda pode se transformar com o passar dos anos.

Com o surgimento de plataformas e compatibilidade para celulares, as chances deste formato de comunicação ser aprimorado e perpetuar é ainda mais provável, fazendo com que o rádio, de alguma forma, não perca sua essência.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.