5 vantagens de ter um ERP na sua empresa

5 vantagens de ter um ERP na sua empresa

O ERP é um sistema muito utilizado por diversas empresas e é parte fundamental da transformação digital que cada vez mais os gestores estão buscando.

Trata-se de uma importante ferramenta de trabalho que pode gerar muitos benefícios.A sigla ERP vem do inglês Enterprise Resource Planning.

Ela pode ser traduzida como Planejamento de Recursos da Empresa, e permite que você estabeleça diversos padrões para seu espaço de coworking, por exemplo.

Este tipo de sistema de gestão é uma ótima maneira de automatizar uma série de processos para conseguir explorar melhor seus recursos.

Todo trabalho possui uma série de operações manuais repetitivas, que muitas vezes podem ser alvo de erro humano pelo tipo de execução.

Quando uma pessoa tem que fazer repetidas vezes a mesma coisa, pode ter uma falta de atenção em algum momento.

Os sistemas de gestão vem para facilitar esse tipo de trabalho, deixando por conta da tecnologia a produção desse trabalho repetitivo, uma vez que a máquina possui um tipo específico de programação que é sempre repetido, evitando qualquer falha.

Nesse caso, uma série de processos internos acaba gerando esse tipo de fluxo, possibilitando um fluxo de produtividade muito mais apropriado para a empresa, e eliminando dificuldades de comunicação com os setores da empresa.

Dessa forma, o gestor acaba tendo uma visão muito mais ampla de como o processo está sendo efetivado, garantindo assim mais tranquilidade e confiança na hora de tomar decisões que impactem diretamente esse tipo de trabalho.

O ERP também é um agregador, uma vez que ele toma a parte de vários programas de automação isolados e os une em uma só plataforma, facilitando assim o entendimento por parte de seus colaboradores.

Por meio dele, você consegue realizar todas as etapas de instalação de internet com um controle muito maior.

Cada novo software que você apresenta para a empresa possui uma curva de aprendizado, além do fato de que as pessoas costumam ser resistentes à mudança.

Com isso, você acaba eliminando a necessidade de ficar fazendo diversos treinamentos e desenvolvendo novas técnicas para cada função de gestão da sua empresa, conseguindo concentrar tudo em uma única área.

Como funciona o ERP?

Compreender as funcionalidades do ERP é um passo fundamental para que você consiga explorar melhor todos os recursos disponíveis dentro do aplicativo. 

Isso porque existem vários sistemas que são utilizados para explorar este recurso.

Antes dos ERP, os gestores precisam conhecer e acompanhar de perto uma série de programas para conseguir coletar todas as informações necessárias para sua tomada de decisão.

A utilização de um cabeamento Furukawa pode ser muito mais fácil se você tiver um sistema para ajudar a passar por cada uma das etapas.

Além disso, muitas vezes eram os próprios gestores que precisam formular tabelas e relatórios para bater as informações de cada sistema, muitas vezes prejudicando a avaliação.

O ERP surge como um facilitador deste processo, capturando os dados com o auxílio de inteligências artificiais e big data, conseguindo criar relatórios muito mais detalhados e assertivos em questão de instantes.

A locação de espaço comercial pode ser uma tomada de decisão muito mais adequada com uma boa ferramenta para auxiliar os processos.

Além disso, o ERP pode ser funcional para diversos outros campos da empresa, uma vez que é um instrumento modular. Você pode ir ampliando as capacidades do sistema conforme a necessidade for surgindo.

As vantagens do ERP

Existem inúmeros benefícios de um ERP para sua empresa, dentre eles separamos os seguintes que serão melhor explicados abaixo:

  1. Otimização de processos;

  2. Prazos mais assertivos;

  3. Maior controle;

  4. Reduz os riscos operacionais;

  5. Mudanças mais rápidas.

Diferente de um sistema genérico, que muitas vezes tem limitações em suas funções e usabilidade, o ERP é um conceito muito mais fechado e assertivo, que pode explorar grandes recursos.

1. Otimização de processos

Hoje em dia, vivemos em uma era digital. A transformação está acontecendo em quase todas as empresas, e as que não se encaixam neste novo perfil estão sendo deixadas para trás em um mercado cada vez mais competitivo.

Por isso, não há mais espaço para trabalhos mecânicos lentos e com chance de erro. A automação tem sido aplicada em peso para otimizar os processos de trabalho, independente dos departamentos em que se encontram.

Quando você senta em uma mesa de reunião para escritório para planejar seus próximos passos, ter um sistema de apoio é fundamental.

Assim, você libera seu colaborador para áreas realmente necessárias, permitindo que ele tenha muito mais foco na produtividade. Enquanto isso, máquinas oferecem o mesmo serviço repetitivo de forma mais dinâmica.

Além disso, as inteligências artificiais e robôs instalados para melhorar os processos da empresa não precisam de pausas ou descansos, e trabalham vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana.

Dessa forma, você sempre tem um bom resultado e um aumento importante nos processos, além de reduzir os custos da equipe. Com isso, tudo o que você precisa é uma boa forma de gerenciar estes processos.

Para garantir que tudo ocorra bem e com tranquilidade, o ERP acaba se tornando uma ferramenta fundamental deste processo.

2. Prazos mais assertivos

Um importante passo para qualquer empresa é cumprir os prazos estipulados. Estes prazos têm um impacto direto não só na produtividade, mas também na experiência do cliente, que deseja ser atendido no período que foi combinado anteriormente.

Para que você consiga se ater a prazos e recursos importantes da sua estrutura, é importante que tenha um sistema de gestão que permita avaliar cada etapa de seu processo e identifique o que pode ser otimizado.

Assim, você conseguirá melhorar todo o caminho que o produto ou serviço faz desde sua ideia até a entrega, o que acaba melhorando sua taxa de entrega. Em alguns casos, é possível até mesmo reduzir o tempo do prazo.

Dessa forma, você acaba conquistando até mesmo novos clientes, interessados na sua agilidade e fugindo de uma concorrência mais lenta na entrega de um material.

A entrega de documentos por meio da ferramenta acaba se tornando muito mais assertiva.

É importante pensar que só a velocidade não é o suficiente para você conseguir bons resultados. 

O ERP garante que os processos não pularão etapas, confirmando toda a qualidade e os benefícios do seu produto enquanto busca resultados mais ágeis.

Essa função consegue manter sua empresa de maneira competitiva no mercado, saindo na frente de seus concorrentes.

3. Maior controle

Quando você está pensando em recursos de sua empresa, é importante ter um bom controle sobre as informações que você precisa para avaliar cada etapa de seus processos.

O ERP fala uma mesma língua, garantindo que todos os setores da companhia se conectem. Você pode usar um banner informativo para apresentar os conceitos para seus colaboradores.

Dessa forma, não são criados controles paralelos de uma informação. Todas as equipes compreenderão o que devem fazer e buscar. 

Quanto mais você conseguir aproveitar estas informações cruzadas, menor será a chance de retrabalho.

Isso garante não só uma efetividade melhor do trabalho, mas evita desencontros que podem ser bastante prejudiciais para a empresa, sobretudo em informações relevantes para o processo.

Estes desencontros podem acabar gerando muito mais dificuldades do que você imagina a longo prazo, por isso, contar com o ERP para garantir que a comunicação seja realizada de forma assertiva é fundamental.

4. Reduz os riscos operacionais

Todo processo possui riscos, mesmo aqueles completamente automatizados. E nenhum software consegue impedir todos os riscos de acontecerem.

Porém, o ERP é uma boa ferramenta de análise e controle, e permite identificar rapidamente qualquer um destes riscos.

Quando você usa placas informativas personalizadas para separar seus processos, acaba conseguindo muito mais segurança.

Assim, você consegue agir de forma muito mais assertiva, garantindo resultados mais satisfatórios para a empresa. 

O ideal neste caso é você possuir um colaborador que seja especializado em avaliar estes relatórios.

Ele ficará responsável por revisar os dados e garantir que a programação da automação esteja em ordem, bem como as informações do ERP batem com os produtos que estão saindo de sua empresa.

Dessa forma, você consegue explorar muito melhor os recursos disponíveis pelo ERP, com tranquilidade de que tomar boas decisões com os dados informados, uma vez que após a conferência eles estarão muito mais garantidos.

Além disso, o ERP é ótimo para evitar qualquer ação causada pela falha humana, identificando erros antes de qualquer situação ficar mais complexa.

5. Mudanças mais rápidas

Qualquer empresa está sujeita a mudanças. Elas podem ser no regulamento interno, com uma nova diretoria ou com novas informações sendo adicionadas pelos acionistas, ou externa, com mudanças na legislação e no governo.

Nestes casos, é importante que você consiga fazer estas alterações de forma rápida e prática, atualizando corretamente todos os processos da empresa para evitar qualquer tipo de problema.

Com o ERP, suas informações estarão muito mais protegidas, garantindo assim resultados mais adequados para qualquer ação que você decida tomar com relação a alterações obrigatórias.

Considerações finais

O ERP é um software fundamental para qualquer empresa que deseja aumentar seus recursos nos dias de hoje. 

Trata-se de uma ferramenta imprescindível para a automação de sua empresa e todo o processo de transformação digital.

Por isso, saber escolher com sabedoria uma boa plataforma para utilizar seus recursos é fundamental. 

Procure softwares que atendam todas as suas demandas, para que sua experiência com o ERP seja satisfatória e consiga ampliar seus resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.